Festivais de Verão cancelados em 2020

Festivais de Verão cancelados em 2020

Festivais de Verão cancelados até ao final de Setembro de 2020

O conselho de ministros aprovou uma lei que festivais de verão até ao final de setembro deste ano devido à pandemia.


Segundo o governo “impõe-se a proibição de realização de festivais de música até 30 de Setembro de 2020, e a adopção de um regime de carácter excepcional dirigido aos festivais de música que não se possam realizar no lugar, dia ou hora agendados, em virtude da pandemia”.


Desde o inicio da pandemia que alguns festivais já tinham decidido cancelar a edição deste ano mas agora a decisão é definitiva, não poderam haver mesmo festivais durante o período definido pelo governo.


Quem comprou os bilhetes vai perder o dinheiro?


Não, quem tiver comprado um bilhete para um festival que foi cancelado por causa da pandemia (Covid-19) poderá receber um vale no valor do bilhete.
O vale poderá ser usado para ir ao mesmo festival mas na edição de 2021 ou poderá ser usado para adquirir bilhetes do mesmo promtor.

O Nos Primavera Sound tinha adiado a edição deste ano para setembro mas com esta decisão já não o poderá fazer. O MEO Sudoeste, o Vilar de Mouros, o Super Bock Super Rock, o Nos alive e o Vodafone Paredes de Coura não se irão realizar este ano.

Festivais de Verão cancelados em 2020

O festival Paredes de Coura manifestou a intenção de manter o cartaz para o ano de 2021, João carvalho disse, “Estamos a olhar para isto como sendo um adiamento para o próximo ano e já começamos a trabalhar nisso. Queremos manter o cartaz e melhorá-lo, até porque no próximo ano muitas outras bandas andarão em digressão.”